Coluna do Gustavo Couto (10 de agosto de 2016)

0
142

XEQUE MATE I

Começou o jogo, três importantes jogadores disputam as eleições majoritárias em Balneário Camboriú. Dois Reis e uma Rainha. Certamente que, em uma disputa onde antigos aliados, que já lutaram juntos e agora se dividem para um embate frente à única Rainha neste tabuleiro, o medo de que ao enfrentar esta tenham suas cabeças cortadas, suplantadas pela jovialidade e o desafio de que as mulheres podem e devem fazer toda a diferença nestas eleições.

XEQUE MATE II

O Rei Pavan, buscando dar sustentação a uma campanha do PSDB combalido e derrotado nas últimas eleições, enquanto ouvia seus estertores finais, sentiu-se na obrigação de concorrer, necessita provar que ainda pode ser eleito e acima de tudo comprovar que jamais foi derrotado.

Poderá ser esta a sua derrota, pois destitui da Pré-Candidatura seu próprio filho, e chutou para o alto tudo o que podia, usou das armas políticas que dispunha intervindo no PSD, juntou no meio do caminho o PP de Fábio Flor, combalido pelas mudanças políticas.

Como fará seu discurso, acusando a atual administração e tendo seu vice como participante deste governo e acima de tudo que era o possível candidato a Prefeito. Agregou alguns votos do PP, mas perdeu muitos apoios dentro do próprio partido, bem como o próprio PP, onde diversos membros deste partido estão acreditando ser difícil engolir esta coligação.

XEQUE MATE III

O Rei Fabrício, juntou pelo caminho um escudeiro nada fácil de agregar ao seu discurso de sustentabilidade e de novas ideias. Grande parte de seus correligionários foram os que promoveram o maior movimento de protesto no “SALVE A ESTRADA DA RAINHA!!!” A todo momento se pronunciavam contra os que executaram as Obras na Estrada da Rainha promovendo inclusive a vinda do CQC.

E neste momento todos seus apoiadores terão que carregar o Vice Carlos Humberto, da Construtora Silva Parker, jogando por terra todo o discurso de sustentabilidade, novas ideias e defesa do meio ambiente.

XEQUE MATE IV

A Rainha Jade enfrenta o maior dos desafios de se tornar mais conhecida dos eleitores. Apesar das pesquisas realizadas inicialmente mostrarem baixos índices pelo desconhecimento da candidata. Mas já vimos candidatos partirem do zero em 2 ou 3 semanas ganharem as eleições.

Ao meu ver, no momento em que o lado feminino começar a ter consciência de que pode mudar estas eleições, que as mulheres podem ser ouvidas e, acima de tudo, terem uma representante que sabe e entende de suas necessidades, o ventos podem mudar.

XEQUE MATE V

Neste momento o que vemos são os primeiros embates de quem pode mais, ocupar o máximo de espaço no meio político, mas manter este espaço é que será o diferencial quando as tropas de choque dos candidatos a vereadores entrarem em campo e que realmente poderemos verificar a nítida tendência nas mudanças de opiniões e de voto dos eleitores.

A campanha realmente começara a se definir quando todos forem para o corpo a corpo em busca do voto. Tenho acompanhado muitos eleitores que têm feito promessas de voto, mas que, em sua maioria, só estarão certos mesmo nas semanas finais da campanha.

Por enquanto o que está contando são os votos fisiológicos que cada partido tem de seus fiéis eleitores que votam sempre no Partido em todas as eleições, a diferença estará, sim, naqueles novos eleitores, nos novos moradores da cidade e naqueles que estão sempre indecisos.

XEQUE MATE VI

Neste tabuleiro, não se pode esquecer que, além de Reis e Rainhas, jogam muitos Bispos, Cavalos e Torres, que se dividem entre os diversos candidatos à reeleição na Câmara de Vereadores.

Do lado da Rainha Jade, os Vereadores Orlando Angioletti (DEM), Nilson Probst – Roberto Souza Junior, Elizeu Pereira, Arlindo Cruz, Marcos Kurtz (PMDB) candidatos à reeleição. Do lado do Rei Pavan, Moacir Schmitt (PSDB), Leonardo Piruka (PP) são os candidatos à reeleição.

E ao lado do Rei Fabrício, Asinil Medeiros e Pedro Francez (PR). A quantidade de pedras altas já conhecemos, será no peões a diferença que soma o maior grupo de apoio à candidatura de cada um dos jogadores e que podem fazer a diferença na luta pelo voto.

DEIXE UMA RESPOSTA