O diabo sabe mais por velho do que por diabo

0
280

Li certo dia uma definição referente a esta frase usualmente utilizada pelas pessoas. E a tradução para este velho ditado seria: “O diabo não é esperto porque é diabo, é esperto porque é velho”.

Esta definição é muito questionável pois busca dar realce à sabedoria que se costuma creditar aos idosos. Uma sabedoria que ‘resultaria’ do tempo de vida. Será mesmo?

Para mim isto soa em muito como uma falsa afirmação, pois se isso fosse verdade, todo jovem seria um estúpido e todo velho um sábio. E não é assim.

E este debate nos remete exatamente ao momento político que vivemos em Balneário Camboriú.

A disputa polarizada depois de muito tempo entre três candidatos.

Leonel Pavan – Anunciando que é a solução pois teve 2 mandatos como Prefeito e com sua experiência seria o mais preparado para comandar a cidade. Anuncia que nunca perdeu uma eleição e isto o credenciaria a enfrentar esta de forma a se tornar mais uma vez vitorioso. Talvez o ditado acima o defina, pois está mais velho e mais esperto, mas isto não significa que conheça as realidades da cidade no momento atual.

Passou o tempo em que o Balcão de Negócios em Brasília, comandado pelos velhos políticos que donos do poder manipulavam os orçamentos e as negociatas eram a pauta das liberações de verbas.

A Lava Jato tem enviado para a cadeia exatamente aqueles que por anos comandaram os acordos e o lobismo para a liberação de verbas. Estes será realmente a crise que os velhos políticos irão enfrentar se adaptar à nova realidade ao novo Brasil.

Fabrício de Oliveira – Busca fundamentar sua base eleitoral pelo tempo em que vem buscando o espaço necessário para conquistar a cadeira de comando de nossa cidade.

Apesar de buscar dar o sentido que traz as “Novas Ideias” em alusão clara ao slogan do DEMOCRATAS – A FORÇA DAS NOVAS IDÉIAS, encontra-se entre a Cruz e a Espada.

Tem em seu discurso a melhoria e a inovação, mas foi um protagonista do legislativo e está a muito tempo longe da administração pública municipal.

Pressionado pela necessidade de força política, junta-se ao PR que pregava ser o partido da mudança, o partido que participou do governo por mais de sete anos e que usava o mesmo discurso na eleição de 2008 e 2012. De novo é o contraponto dentro da coligação em que grande parte dos membros do PSB-40 eram os que comandavam oposição clara contra a Construtora Silva Parker do atual candidato a Vice-Prefeito.

Jade Martins Ribeiro – Enfrenta o grande desafio de se tornar conhecida. Embora tenha um conhecimento incomparável ante os outros candidatos dos erros e acertos do governo do qual participava, representante em diversos conselhos, frente ao Plano Diretor, acumula o conhecimento da real situação em todos os segmentos da administração.

É a opção do novo, vem em contraponto para mostrar que o ditado que busca enquadrar os jovens como inexperientes e despreparados é simplesmente uma falácia que busca menosprezar a capacidade dos mais jovens.

Está vivendo o momento ímpar ante a crise onde o mundo se globalizou pela internet, o mundo das startups, o mundo de Mark Zuckerberg fundador do facebook e outros tantos jovens inovadores, arrojados, inteligentes e acima de tudo sem medo de enfrentar os mais velhos e sábios afinal cresceu no mundo de Steve Jobs e Bill Gates.

Dois velhos e sábios que eram a referência e nem por isso superam os jovens que inovam com conhecimentos em tecnologia e administração.

Traz o novo dentro daquilo que já conhecemos demais a velha política.

DEIXE UMA RESPOSTA