A Folha de São Paulo lançou um ranking muito interessante que classifica todos os municípios brasileiros de acordo com a eficiência na gestão de saúde, educação e saneamento, no que diz respeito exclusivamente à responsabilidade do poder público municipal. Chamado de Ranking de Eficiência dos Municípios – Folha (REM-F), o indicador aponta que Itajaí é mal administrada quando se compara com outros municípios de mesma categoria.

O resultado é que o município de Itajaí está na 1602ª colocação geral, entre 5281 municípios do Brasil, em 97º lugar entre os 295 de Santa Catarina e último lugar entre as cidades catarinenses com população total entre 200 e 500 mil habitantes, sendo a única delas com nota final abaixo de 0,500. Também está atrás de diversos municípios da região da Foz do Rio Itajaí-Açu, como Bombinhas (643º), Balneário Piçarras (703º), Ilhota (1010º), Porto Belo (1062º) e Barra Velha (1578º).

Para chegar a esta conclusão, a Folha analisou indicadores de: Saúde (cobertura por equipes de atenção básica e médicos por mil habitantes); Educação (crianças de 0 a 3 anos em creches e crianças de 4 e 5 anos em escolas); Saneamento (domicílios atendidos por rede de água, pela rede de esgoto e domicílios com coleta de lixo); e PIB dos Municípios. A ideia central era classificar os municípios pela qualidade nos serviços prestados comparando com o valor gasto para conseguir estes resultados.

A comparação gerou uma nota entre zero e um para cada município em cada requisito e uma nota final, onde zero é o pior valor e um é o melhor. Também foi criada uma classificação pelas notas, indicando os municípios ineficientes, com pouca eficiência, com alguma eficiência e os realmente eficientes.

Indicadores separados

Em indicadores individuais, Itajaí não está tão mal, mas gasta muito dinheiro para ter resultados limitados. Em educação, por exemplo, Itajaí tem nota 0,700, ficando atrás de municípios da região como Bombinhas (0,789) e Balneário Camboriú (0,751). Na saúde, o índice itajaiense é de 0,518, muito atrás de Balneário Piçarras (0,692) e Porto Belo (0,571), e abaixo de Bombinhas (0,562), Ilhota (0,558) e Luiz Alves (0,548). Já no quesito saneamento, a nota peixeira foi 0,779, muito atrás da vizinha Balneário Camboriú (0,915).

posto de saúde
Péssimos indicadores de saúde colocaram Itajaí bem para baixo no ranking. | Thiago Floriano
Municípios Catarinenses 200-500mil habitantes
Município Nota Geral
Criciúma 0,583
Florianópolis 0,576
São José 0,546
Chapecó 0,538
Blumenau 0,532
6 Itajaí 0,489

 

DEIXE UMA RESPOSTA