O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado para analisar o desempenho de escolas, municípios e estados em relação à sua qualidade de ensino e da aprendizagem dos alunos. Os resultados são apurados através de notas obtidas em exame realizado pelo Instituto de Pesquisas Educacionais (Inep) a cada dois anos junto aos estudantes que estão concluindo as séries iniciais (4ª série / 5º ano) e as séries finais (8ª série / 9º ano). Em divulgação oficial do governo municipal, o secretário de educação, Edison d’Ávila disse que “A evolução da qualidade do ensino da Educação em Itajaí é marcante. Em 2011 os nossos índices eram de 5,2 nos Anos Iniciais e 4,6 nos Anos Finais. Com o trabalho intenso, individual e monitorado de cada professor, supervisor e diretor, conseguimos fazer história em Itajaí”. Apesar de que a Prefeitura Municipal comemorou o fato de ter batido sua meta para 2015 (com notas 6,4 no Ideb dos anos iniciais e 5,2 para os anos finais), o povo itajaiense não tem tanto o que comemorar.

Isso porque mesmo com todo esforço de professores e diretores que se esmeram dia após dia para melhorar a educação das crianças itajaienses, os resultados não são dignos de se tornar motivo de comemoração. Itajaí teve, ao longo dos últimos anos, uma das maiores arrecadações de impostos de todo o estado de Santa Catarina, mas ainda assim, não conseguiu garantir que seus indicadores de educação chegassem nem entre os 80 melhores municípios no que diz respeito ao Ideb de 4ª série / 5º ano se consideradas apenas as escolas públicas municipais.

Empatado com municípios vizinhos que têm arrecadação menor, como Balneário Camboriú e Itapema, Itajaí ficou atrás de diversas cidades próximas, como Blumenau (6,5), Luiz Alves (6,8), Jaraguá do Sul (6,9) e Joinville (7,0). Quando se incluem as escolas públicas estaduais, a situação de Itajaí se agrava ainda mais, não ficando nem entre as 100 melhores do estado nas séries iniciais. Já no Ideb da 8ª série / 9º ano, a nota de Itajaí (5,2), apesar de ainda mais baixa, o colocou na 39ª posição entre os municípios catarinenses. Empatado com Guabiruba, o município ficou atrás de Indaial (5,3), Blumenau (5,3), Pomerode (5,5), Jaraguá do Sul (5,6) e Joinville (5,7). Os resultados ruins apontam a falha na gestão pública municipal da educação.

Crianças da rede pública contam com apoio dos professores, mas a gestão municipal da educação continua deixando a desejar. | Divulgação/PMI
Crianças da rede pública contam com apoio dos professores, mas a gestão municipal da educação continua deixando a desejar.
| Divulgação/PMI

Indicadores se encontram

Há algumas semanas o Sem Censura compilou dados do Ranking de Eficiência dos Municípios, da Folha de São Paulo (REM-F), mostrando que a eficiência de Itajaí é bem abaixo do esperado para um município que teve nos últimos anos uma das maiores arrecadações entre todos os municípios de Santa Catarina. Ainda assim, os indicadores mostram que o dinheiro é mal aproveitado e Itajaí não consegue se destacar, mesmo não sendo o município mais populoso, nem, de longe, o maior em extensão territorial. De acordo com o relatório do REM-F, Itajaí tinha uma nota de 0,700 em educação, numa escala que varia de zero a um, figurando atrás de municípios próximos como Bombinhas, Florianópolis, Balneário Camboriú, Blumenau e Indaial.

Ideb 8ª Série / 9º Ano

* Município 2005 2007 2009 2011 2013 2015
Iporã do Oeste 4.7 5.4 5.5 5.9 5.7 6.5
Piratuba 4.9 4.9 6.1 5.7 6.4
Apiúna 6.3
Ipira 5.1 5.2 5.9 5.9 6.3
São José do Cedro 6.0 6.8 6.4 5.8 6.3
Timbó 4.4 4.9 5.3 5.6 5.7 6.3
Mafra 5.0 5.4 5.3 5.6 5.6 6.0
Salto Veloso 5.2 6.0 5.6 6.2 6.0
Corupá 4.0 4.9 4.6 4.9 5.3 5.9
10º Itapiranga 4.8 4.9 5.0 5.9
15º Joinville 4.6 4.8 5.2 5.4 5.4 5.7
18º Jaraguá do Sul 4.7 4.7 5.2 5.4 5.4 5.6
26º Blumenau 3.6 4.3 5.0 5.0 4.9 5.3
39º Itajaí 3.9 4.1 4.3 4.6 4.8 5.2
*Média Nacional 4.5
**Média Estadual 4.9

Ideb 4ª Série/5º Ano

* Município 2005 2007 2009 2011 2013 2015
Iporã do Oeste 4.7 6.5 5.7 7.4 7.2 8.0
Arabutã 4.6 5.0 6.2 6.8 7.5
Luzerna 5.1 5.6 6.3 5.3 7.0 7.4
Papanduva 3.3 4.7 5.6 6.0 6.6 7.4
Ascurra 5.6 7.3
Lindóia do Sul 3.6 5.1 6.2 6.9 7.0 7.3
Novo Horizonte 3.9 4.1 5.2 5.9 6.6 7.3
Piratuba 4.1 5.4 5.9 6.8 6.8 7.3
São João do Oeste 4.5 5.9 6.1 6.4 7.5 7.3
10º S. Pedro de Alcântara 4.9 5.2 6.5 6.3 7.3
18º Joinville 5.0 5.5 6.1 6.3 6.8 7.0
25º Jaraguá do Sul 5.0 5.1 5.6 6.1 6.2 6.9
34º Luiz Alves 5.7 5.1 5.6 6.8
60º Blumenau 4.4 4.8 5.2 6.1 6.4 6.5
76º Balneário Camboriú 4.6 4.9 5.1 5.6 6.0 6.4
82º Itajaí 4.5 4.8 4.9 5.2 6.0 6.4
**Média Nacional 5.5
***Média Estadual 6.1
 

DEIXE UMA RESPOSTA